Sintomas de menstruação durante e antes, corrimento, diferença de cólica menstrual e na gravidez

sintomas de menstruação



O período menstrual e o que antecede a esses dias pode ser muito desconfortável para algumas mulheres devido as flutuações hormonais que ocorrem no organismo. Os sintomas de menstruação são considerados um dos grandes inimigos femininos, pois podem afetar tanto o emocional como a parte física.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) cerca de 90% das mulheres se queixam nos consultórios de ginecologistas dos sintomas da TPM (Tensão Pré Menstrual). Esse número realmente é grande, pois esses incômodos incluem alterações de humor, dores, inchaço e mal estar.

Diante disso, é importante que a mulher aprenda a lidar com os sintomas da menstruação e tenha conhecimento sobre o seu ciclo e também dos procedimentos higiênicos adequados para manter a saúde íntima.

Sintomas de menstruação à caminho

Esse período é a famosa TPM (Tensão Pré Menstrual), esses sintomas começam a ser sentidos pelas mulheres uns 10 dias antes da menstruação descer, algumas pode ser 7 dias ou 5 dias. Isso vai depender de cada organismo.

Mas, assim que a menstruação chega, os sintomas desaparecem, é normal que algumas ainda sintam cólicas durante o período, mas em menor intensidade.

Os sintomas pré menstruais são:

Sintomas de menstruação durante o período

Sintomas de menstruação durante o período

Geralmente, enquanto o organismo estiver expelindo o sangue, os sintomas da menstruação são mais tranquilos do que na TPM (tensão pré menstrual). Podem ocorrer algumas cólicas e dores de cabeça, entretanto, nesse período o corpo vai retomando a normalidade.



No entanto, as mulheres precisam ficar de olho nos sintomas de menstruação que não são normais durante, tais como:

  • É preciso ter atenção nas alterações de ciclos, toda a mulher deve conhecer o seu ciclo que pode variar de 21 a 35 dias. Caso houver muita alteração é importante buscar orientação médica, pois algumas condições de saúde podem promover essas mudanças como: Miomas, Pólipos no endométrio, Síndrome de Ovários Policísticos e problemas na tireoide.
  • A menstruação não pode ser muito prolongada, deve ficar entre 3 e 8 dias, caso ultrapassar esse período, é importante investigar, pois pode sinalizar algum desequilíbrio hormonal, problemas no útero e até anemia.
  • A quantidade de sangue também não pode ser muito diferente de um mês para outro, alterações repentinas podem indicar cistos nos ovários, pólipos no útero, fibromas e problemas hormonais.
  • Um dos sintomas de menstruação comum são as cólicas, se elas forem muito intensas e persistentes durante o período, é importante consultar um médico, pois esse também é um dos sinais da endometriose.
  • Odor muito forte durante o período menstrual pode sinalizar infecção vaginal.

Como prevenir os sintomas de menstruação?

Como prevenir os sintomas de menstruação

Existem formas de minimizar os efeitos da TPM no organismo feminino, é ideal que a mulher use estratégias mais naturais, desse modo, consegue manter sua qualidade de vida sem o uso de fármacos que podem ser prejudiciais a longo prazo. Confira:

  • O primeiro passo é ter uma alimentação saudável para ingerir todos os nutrientes necessários para a boa saúde;
  • Os exercícios físicos são essenciais para liberar a endorfina e evitar os processos inflamatórios no corpo;
  • O óleo de prímula é um suplemento muito usado para combater sintomas da menstruação;
  • A erva de São Cristovão é uma planta que alivia o estresse e ansiedade podendo ser usado para deixar a mulher mais calma no período. Apenas 40 mg do extrato na TPM é o suficiente para dar bons resultados;
  • Chás calmantes de camomila, erva doce e maracujá durante o período da TPM pode ajudar na boa noite de sono, importante para relaxar o corpo;

As mudanças de comportamento e estilo de vida são essenciais para minimizar os sintomas da menstruação e promover períodos mais tranquilos.

Corrimento e cuidados íntimos durante a menstruação

Corrimento e cuidados íntimos durante a menstruação

Primeiramente, as mulheres precisam entender a diferença entre “secreção natural da vagina e corrimento”.

Toda a mulher produz uma secreção vaginal, isso é natural, especialmente em algumas situações como: Durante o ato sexual para lubrificar a vagina e no período pré ovulatório que ocorre bem na metade do ciclo menstrual que indica que a mulher esta fértil.

No entanto, a secreção natural geralmente é transparente, no período que a mulher está ovulando se assemelha a clara de ovo. Não tem cor e nem mau cheiro.

Enquanto que no corrimento que pode ser provocado por inúmeros tipos de infecções, a aparência se difere, pois geralmente tem cor ( marrom, branco, esverdeado, amarelo ou branco talhado), cheiram mal e promovem uma coceira e irritação na região íntima.

É importante que nesse segundo caso, a mulher busque orientação médica para descobrir as causas e começar o tratamento.

Os cuidados higiênicos durante a menstruação também são muito importante para evitar infecções e irritação no local. O uso de absorventes internos elevam o risco de absorção de material sintético podendo causar choque tóxico.

Apesar dos absorventes externos e internos serem as opções mais usadas pelas mulheres, eles carregam inúmeros agentes químicos que podem causar alergias e contaminação na região íntima. Por isso, se optar por eles, troque seguidamente para reduzir os riscos de infecção.

Uma alternativa mais higiênica é o coletor menstrual, ele é feito com silicone medicinal que não causa irritação na pele e não solta nenhum agente químico tóxico que pode invadir o seu organismo através da corrente sanguínea.

O coletor menstrual evita infecções e não promove mau cheiro, ao contrário dos absorventes tradicionais, pois contato com o sangue e o material descartável cria um odor desagradável. Além disso, é um produto sustentável, pois uma unidade pode ser usada durante 10 anos.

Diferença de cólica menstrual e na gravidez? Entenda melhor os sintomas de menstruação.

sintomas de menstruação - colica menstrual ou gravidez

As mulheres que estão tentando engravidar sempre ficam apreensivas para saber de forma antecipada se as cólicas sentidas são menstruais ou decorrentes da gravidez. Isso acontece especialmente quando a menstruação está atrasada.

Somente pela cólica é muito difícil dizer se é gravidez ou período que antecede a menstruação, para determinar se a mulher está grávida é um conjunto de fatores que devem ser avaliados.

Muitas mulheres grávidas relatam que a cólica da gravidez é muito mais suave do que a cólica menstrual. Além disso, as contrações da cólica são mais espaçadas, entretanto, é difícil dizer por essa informação se é gravidez ou não.

Uma forma de avaliar é perceber outros sintomas associados como:

  • Na gravidez ocorre um pequeno sangramento ou a falta dela, não vem uma menstruação com volume normal;
  • Ocorrem náuseas pela manhã;
  • A sonolência na gravidez e mais intensa do que na TPM e dura mais dias;
  • A sensibilidade das mamas na gravidez é associada a aréolas mais escuras;

Os sintomas da menstruação são um pouco diferentes da gravidez. Percebendo o atraso menstrual e se a mulher teve relações sexuais desprotegida, é importante fazer um teste de gravidez para tirar a prova e deixar a ansiedade de lado.



 

Descubra mais sobre os Ciclos Menstruais: